Lieke Fryrenn

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Lieke Fryrenn

Mensagem por Lieke Fryrenn em Qui Maio 01, 2008 11:19 pm

Nome completo: Lieke Fryrenn
Apelido ou pseudônimo: Lie
Data de nascimento e Idade: 31 de maio de 1991
Local de nascimento: Honolulu, Hawaii, USA.
Sexo: Feminino
Grade: 11th grade
Curso: Dança;
cursou, no primeiro ano: guitarra/violão e teatro
no segundo: fotografia e alongamento
nesse ano: continuou com alongamento apenas

Descrição de sua família: A família Fryrenn é uma família nômade, que nunca consegue ficar muito tempo em apenas um lugar, graças ao pai dessa família, Leonard, que é um renomado historiador e arqueólogo. Durante suas inúmeras e incontáveis viagens, Leo conheceu Bettina, uma peruana. Graças a esse acontecimento, o jovem resolveu passar mais tempo estudando as ruínas de Machu Pichu, e, alguns anos depois, acabou se casando com Bettina, que logo seguiria o marido nas maravilhosas viagens dele.
A família nunca chegou a ter uma casa por mais de um ano ou outro, e, com isso, todos os seus três filhos nasceram em locais totalmente diferentes. O primeiro deles, Seth, nasceu em Cairo, no Egito. Dois anos depois, vinha Toshya, que nascia no Japão. E, a última, três anos depois, foi Lieke, que nascia no Hawaii enquanto seu pai acompanhava um documentário sobre Pearl Harbor.
Quando os filhos começavam a ficar com idade para os estudos, após aprenderem o ensino básico com os pais, todos eles iam para algum tipo de colégio interno. No inicio, todos estavam no mesmo, em Londres, mas, de acordo com as necessidades, iam mudando de colégio. Seth foi para um que o prepararia para a aeronáutica. Toshya foi para um que lhe prepararia para o mundo dos negócios. E Lieke, enfim, foi para Idyllwild.
São raras as vezes em que a família está toda reunida, e, por isso, eles possuem uma grande falta de contato entre si, ficando algumas vezes meses sem se falarem.

Descrição do físico da sua personagem: Com a pele levemente morena, que escureceu mais ainda com a vida de andarilha pela montanha de Idyllwild. Seu cabelo escuro, quase sempre está curto, e, quando resolveu deixá-lo crescer, no seu primeiro e segundo ano de High School, o máximo onde ela aguentou deixá-lo chegar foi nos ombros. Seu cabelo nunca parece estar sempre do mesmo modo, já que ela se diverte inventando novas formas de penteá-lo - ou de não penteá-lo. Seus olhos castanhos são levemente puxados e possui uma pinta ao lado do olho esquerdo. Seu corpo alto, de 1,73m, é magro, forte e elástico graças aos anos e anos de dança. Possui uma flor tatuada nas costas, perto do ombro direito, e, na área lombar, dois olhos e a palavra "Believe".

Descrição de seu psicológico (ele deve ser coerente com a personagem!): Lieke é extremamente desapegada das coisas, das pessoas, dos lugares. A única coisa que realmente sentiria falta se lhe fosse tirada é a dança. Normalmente, é uma pessoa alegre, brincalhona, sempre com um sorriso na cara e uma ironia na língua. Um pouco hiperativa, parece ir dançando até mesmo pro caminho de sua cama até o banheiro. Orgulhosa e birrenta, detesta que as pessoas duvidem dela ou que lhe proíbam algo. Sempre que dizem que algo é poribido, ela faz. Se não fizer, vai colocar na sua lista de "coisas pra fazer antes de morrer", ou ficará emburrada pelo resto do ano - ou até algo melhor lhe chamar a atenção. Tenta se tornar uma vegetariana desde que tem 13 anos, mas sempre acaba caindo na tentação. É bastante fácil de se irritar com as pessoas, e é quase que raro não acabar brigando com alguém no período de uma semana, até mesmo com professores, já que ela sempre acha que algo deve ser mudado em coreografias. Extrovertida, adora conhecer pessoas novas. Egocêntrica, adora ser o centro das atenções.

Um resumo de sua vida: Nasceu em Honolulu e três meses depois estava saindo dali, acompanhando seus pais e seus irmãos nas viagens arqueológicas dos pais. Quando começou a crescer, e era a única que ainda não tinha ido pra um internato, começava a implicar com os locais "cheios de coisas velhas" que o pai a obrigava a ir. Logo, era mandada para o mesmo internato de seus irmãos na Inglaterra, onde começou a dançar. A partir daí, nunca mais parou. O colégio não tinha mais estrutura o suficiente para as danças de Lieke e, mesmo assim, ela juntava um grupinho e inventava uma coreografia maluca para ser apresentada. Várias vezes, chegaram a ameaçar tirá-la das aulas de dança que o colégio oferecia, já que era a única aula com a qual ela se importava, chegando a ser uma aluna medíocre em matérias normais, como matemática, inglês ou ciências. Enquanto seus irmãos ainda estavam no colégio, eles a ajudaram bastante, mas, depois, ficou óbvio que aquele colégio não iria mais suportar ter Lie ali. Ainda com 12 anos, começou a pesquisar colégios, e acabou achando Idyllwild. Nunca dançara tanto em sua vida, esperando que fosse aceita naquele colégio dois oceanos distante, praticamente.
Aos 14, fez o teste e entrou em Idyllwild.
A partir de então, nunca foi tão feliz e nunca fora tão bem até mesmo nas matérias inúteis para ela. Se destacou não apenas na dança, mas também na popularidade pelo colégio. Parecia que era um imã pra pessoas mais velhas com quem andava, começando assim com sua mania de querer ser a única dona de si mesma. Logo cmeçava a fumar, aprendia a contrabandear cigarros, álcool e drogas para dentro do colégio, e, embora tenha sido pega nas primeiras vezes, sempre conseguia se safar, nem que tivesse jogado a culpa em algum Senior que já havia tido problemas com isso antes. Era boa em aparentar inocência. E, ainda hoje, é, embora a diretoria do colégio não acredite muito nela.

Contato: nada, ainda.

Nome do Player: Isis
MSN: o de sempre.
avatar
Lieke Fryrenn
Dança

Número de Mensagens : 124
Idade : 26
Data de inscrição : 01/05/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum